Buscar
  • Priorize+

Incapacidade funcional em idosos



A capacidade funcional pode ser definida como a capacidade do indivíduo de realizar Atividades Básicas da Vida Diária (AVDS), como banhar-se, vestir-se, locomover-se, realizar as necessidades fisiológicas e alimentar-se, e também para desenvolver Atividades Instrumentais da Vida Diária (AIVDS) como cozinhar, realizar tarefas domésticas, fazer compras, cuidar das finanças, tomar os próprios remédios, entre outros.


A incapacidade funcional é definida como a dificuldade ou dependência na realização individual das atividades de vida diária, limitando a autonomia e independência.


Como consequência reduz a qualidade de vida e aumenta o risco de dependência e morte prematura. É um processo dinâmico e progressivo, tendo como uma das principais causas a perda de força física entre outros eventos que ocasionam limitações funcionais.


Apesar do processo de envelhecimento não estar, necessariamente, relacionado a doenças e incapacidades, a maioria dos idosos apresentam doenças que estão diretamente relacionadas com o aumento da incapacidade funcional. A diminuição na produção de força do idoso é consequência da perda de massa muscular. O enfraquecimento muscular em idosos é a maior causa do aumento na prevalência de incapacidades funcionais.


Tendo em vista que as incapacidades funcionais têm como causa primordial a perda da força muscular, exercícios que promovam aumento na força são imprescindíveis para a melhoria ou manutenção da qualidade de vida dos idosos.


Os exercícios de força proporcionam vários benefícios à saúde do idoso, aumentam a massa óssea, melhoram a flexibilidade, controlam a pressão arterial, a frequência cardíaca e impedem a atrofia muscular.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
 

©2021 por Priorize Serviços de Condicionamento Físico LTDA.

28.474.440/0001-08